segunda-feira, 18 de maio de 2009


Ninguém gosta de vê o feio, o grotesco, as mazelas que agoniza o mundo. A maior parte das pessoas passa e fingi não vê, ou pior aquele conformismo alienado "não temos o que fazer " "sempre foi assim" nada vai mudar". Eu não vou ser hipócrita enquanto a maior parte da população está sendo esmagada pela fome eu estou aqui no meu mudinho podre , de gente falsa esbanjando o supérfulo.
Alienada ao mundo da oferta e da procura, que não compra o produto e sim rótulos e grifes.
O VALOR do bom coração cadê?
Foi substituido pelo seu saldo no banco.
Essa alienação , esse vazio que corroí aos poucos, a agunia perfurando minha alma me coloca diante do nada.
Ahhh!!!!!. Eu to com vontade de gritar , de fazer do mundo qualquer coisa .
Demorou mas levantei do meu sofá confortável , sai da frente da televisão que me cega. Eu fiz algo.
Belinha
"Imagine que não ha posses
Eu me pergunto se você pode
Sem a necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade dos homens
Imagine todas as pessoas
Partilhando todo o mundo
Você pode dizer que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia você junte-se a nós
E o mundo será como um só"
Jonh Lennon

5 comentários:

  1. Concordo contigo moça!
    A gente n gosta de ver o feio mesmo não.
    O q vc fez?

    ResponderExcluir
  2. Muito bem Belinha.
    Vivemos num país de gente conformada, que apenas olha para o seu umbigo.

    É preciso despertar para a realizade e ver mais além do que os nossos olhos alcansam, ou nos querem fazer alcansar.

    Felicidades para ti!
    Bjinho!

    ResponderExcluir
  3. Este mistério da luz
    Incessantes são as marés da vida
    Este tempo que corre firme em frente
    Não há lugar na lembrança para a partida

    Porque da próxima vez
    Quero ser palhaço e brincar com a dor
    Aprisionar a tristeza em balões de cor
    Soltar as cordas que prendem o amor

    Uma esplendorosa quinta feira



    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  4. É verdade Belinha, sair da zona de conforto não é fácil, tantas pessoas no mundo se afundando em mares de lama, de medo, de fome, de doenças...
    Não podemos nos conformar com tudo isso.
    Raquel

    ResponderExcluir
  5. Pois é, nem tudo é bonito..nem tudo é perfeito, e enxergar as agonias do mundo como uma coisa anormal e despertar para fazer algo não é facil.

    Conformidade impregnada, fazer o pouco, pode ser muito!

    bjO

    ResponderExcluir

Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre